quarta-feira, 14 de outubro de 2009

A Inveja Mata

Bom, eu disse que iria voltar na quarta, e voltei! Jogo do Brasil passando, amanhã meus pais viajam e tem 60 cães que vão ficar sob minha responsabilidade, segunda tenho prova, terça também, e ainda tenho dois trabalhos para entregar que valem a primeira nota e a minha cabeça anda a mil. Só que não é por culpa de nenhum destes assuntos que citei. É que eu descobri que tem uma pessoa que me ama.
Alguém deve ter pensado : "Óh! Alguém que te ama. Tua mãe por exemplo ¬¬'. ". Só que não é esse tipo de amor. Acredito que o amor e o ódio andam juntos, e então este amor que falo não é tão pacífico que nem o de mamãe. Bom, sem lenga lenga, vou explicar o que aconteceu.
Desde ontem tem alguém que está mandando mensagens contando muitas mentiras, ou até verdade distorcidas para mim e para o meu namorado. Nestas mensagens usa palavras baixas e acha que abala fazendo isso. Sei que é alguém de perto, mas não pense que olharei milhões de vezes para trás com medo de alguém estar me olhando ! Não mesmo! Quem faz esse tipo de coisa não me abala, pois se não tem nem coragem de me enfrentar e dizer na minha cara! Para quê então me abalar?
Mas porque a insistência na palavra amor? Na verdade eu sei que eu exagerei e sem querer banalizei o verbo amar. Só que pensem comigo, há muita admiração em tudo o que eu faço. Ninguém quer tirar algo, ou afetar alguém que não tem nenhum valor para a indivídua. Disse que vai roubar meu namorado. Se queres? Tente. Só que não estou com ele há uns dias para umas mensagens anônimas simplesmente terminar o meu namoro. E se terminasse? Eu pensaria duas vezes de querer um namorado desses, pois acreditar em uma pessoa que nem se quer existe(pois a louca assina apenas como M), será que vale mesmo a pena?
Entretanto ele não vai acreditar. Sabe por quê? Porque ele não está comigo à toa não. Estamos juntos a tanto tempo e você, indívidua covarde, não é nada perto de tudo isto. E fique sabendo que tudo o que fiz ele já está sabendo, agora cabe a você perder seu tempo ou não. Até porque a gente sabe quando um namoro é forte quando vem os obstáculos. E já que você se propôs a fazer isso, então vamos lá.
E por final, gostaria de te agradecer por está me provando que eu amo o meu namorado e que ele me ama. Adoro adrenalina e está deliciando o nosso namoro. Então se você quiser ser feliz, seja eu te desejo muito isto. Se quiseres continuar tentando estragar com a minha vida, continue tentando, mas fique sabendo, um dia eu te descubro e aí é que não vai prestar. Afinal M (assim que assinas né ?) duvidar de alguém é muito feio, e muito arriscado também!




Obs.: Desculpe amigos blogueiros por não postar nada de interessante, é que eu tô entalada com essa agora e resolvi mandar o recado para a M, já que esta mesma me vigia tanto que deve ler o meu querido filho. Peço a compreensão de todos vocês. E até sexta dia que provavelmente devo estar postando!
Obs.: M, você já conseguiu seus segundinhos de fama aqui ok ? Só que foi só. Se eu perco um segundo pensando em você no meu dia, já estou achando que é demais. Vá cuidar da sua vida. É pro seu próprio bem, afinal se você vier cuidar da minha lembre-se que eu já cuido, e da sua? Quem está cuidando?

Beijos e abraços à todos, e até você anônima.


Luna Gandra

2 comentários:

Marie disse...

Concordo com vc em ,grau genero e numero.Obrigada pela visita. O blog está de volta
beijos

Ronaldo disse...

Nossa, a pessoa está sem o que fazer e vos escolheu para azucrinar, que chato

Boa quinta feira, e tudo vai melhorar